Forum Boys

O forum sobre todos os teus boys preferidos!
 
InícioInício  PortalPortal  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 11:37 am

- Com cores apetitosas! – mais maliciosamente ainda falou.
- Sim!!! – gritou. – Quando começas?
- Bom… Talvez depois de amanhã, pode ser?
- Claro que pode!!! – Naruto levantou-se da cadeira e afastou o pano – Até depois de amanhã Lain! – acenou.
- Ele é sempre assim? – perguntou Lain ao dono da barraquinha de ramen.
- Só digo que ele é o meu melhor cliente… – disse o homem, rindo-se freneticamente.
A Lua dava um certo encanto à noite, mas a chegada do amanhecer já não era tão esperada, aquele instante, aquela fracção de segundo, aquele momento… Sasuke puxava pela mão Sakura, correndo por um monte a cima. Ela ria-se constantemente pois a forma como eles estavam a andar não era lá muito prática, gerando alguns trambolhões.
Havia um tom de brincadeira no clima, mas rapidamente tudo se dissolve numa aguada e ergue-se uma onda de sentimentos conduzidos de imensas dúvidas. Ali estavam eles, deitados debaixo de uma cerejeira, mirando o que horizonte longínquo, as estrelas cravejadas naquele céu distante e as nuvens imperceptíveis, inatingíveis, lhes proporcionavam. Procurando sublimes visos de cada um, em busca de uma oportunidade. Mas a distância daqueles corpos era o problema que naquele instante foi decifrado.

* AQUELES QUE VIVEM COM OS ANJINHOS E SÃO UNS ANJINHOS, POR FAVOR SALTEM ESTA PARTE *

Sasuke fez uma ténue carícia na bochecha de Sakura, que fechou os olhos em resposta àquele gesto poderoso de carinho. Sakura abraçou aquele corpo robusto, mas desta vez não foi a única sentindo aquele abraço, Sasuke o sentiu tal e qual ela e lembrou-se das tantas vezes que ela fizera aquilo, em busca de uma resposta que até agora nunca tinha tido. Não havia palavras ou pensamentos naquele momento de eternas carícias. Os seus lábios tocaram-se intensamente, Sakura deliciava-se com os lábios carnudos de Sasuke, beliscando-os com seus dentes, por várias vezes. Os beijos cada vez estavam mais profundos e Sasuke embrenhado naquela ardência tentada, passou as mãos por todo o corpo da sua amada, dando-lhe a conhecer recantos do seu corpo, inimagináveis.
As roupas estavam espalhadas pelo chão húmido, enquanto debaixo daquela cerejeira, dois corpos amavam-se intensamente. Ela gemia poderosamente enquanto ele tentava dar à sua amada, o melhor momento da sua vida.
No fim, ele deitou-se por instantes sobre o corpo de Sakura, respirando ofegantemente. Sakura abraçou seu corpo naquela altura, mas logo se deitou sobre seu peito quando ele voltou-se e ficou deitado ao lado dela, conseguindo ouvir o coração palpitar num ritmo acelerado, mas acalmando-se aos poucos. Ali adormeceram…

* AQUELES QUE VIVEM COM OS ANJINHOS E SÃO UNS ANJINHOS JÁ PODEM VOLTAR A LER *

O amanhecer chegou.
Naruto acordou cedo, já que dormir no chão não era lá muito confortável. As suas costas doíam-lhe e os seus ossos estalavam. Parecia que lhe tinham passado um camião em cima… Na verdade algo tinha-lhe invadido a sua casa, um estranho ser feminino que lhe vai pintar junto a uma grande taça de ramen. Estava distraído a olhar para ela, que nem deu por as horas passarem. Tinha combinado com Hinata assistir ao treino do novo time de Kakashi-sensei, pois ela poderia ser uma futura sensei. Como estava com pressa, resolveu acordar Lain, que se acomodava na cama, sem lençóis, apenas com o seu pijama curto, muito curto. Chamou-a mas ela não respondeu, então recorreu a medidas mais drásticas, subiu para cima da cama e começou aos pulos, fazendo um barulho esquisito.
Do outro lado da casa, encontrava-se Hinata batendo à porta. Mas ninguém respondia, apenas ouvia barulhos estranhos…
Naruto tropeçou no pé de Lain e caiu sobre ela, fazendo-a finalmente acordar. Lain abriu os olhos ensonados lentamente, mas assim que os abriu, viu a cara de Naruto olhando-a com curiosidade e sentiu um grande peso sobre si: o corpo de Naruto! Assustada, deu um berro estridente.
Hinata assustada, pegou na chave de casa que tinha de Naruto e abriu a porta rapidamente, ficou paralisada com a situação. Naruto encontrava-se em cima da cama, deitado com uma rapariga bonita, ambos de roupa interior e num vislumbre muito comprometedor. O seu coração feriu e sem deixar Naruto falar, Hinata saiu a correr com lágrimas nos olhos.
- Espera Hinata! Isto não é o que parece! Hi-
Naruto correu em direcção à porta, mas Hinata já ia bem longe, correndo desenfreada. Naruto tomou a sua expressão mais maquiavélica e vingativa e andou em passos largos e monstruosos em direcção a Lain que finalmente tinha percebido toda a situação e encontrava-se rindo freneticamente.
- Estrangeira de uma figa! Anda cá! – Naruto corria pela casa inteira atrás de Lain que fugia dele.
- Vamos ver se me consegues apanhar! – disse Lain, deitando a língua de fora.
Nas ruas de Konoha:
- Eu não quero ir comer novamente ramen outra vez! – resmungou Lain.
- Mas quem decide isso, sou eu! O dinheiro é meu! – resmungou Naruto, a altos berros.
- Tu gostas de brócolos? – perguntou Lain, calmamente.
- Claro que não! E nem penses que nós vamos comer essa porcaria!!! – berrou.
- Se continuares a comer ramen assim, vais gostar tanto de ramen como brócolos. – falou, em tom de razão.
- Não compares… – afirmou, já mais calmo.
- Não comparo? Imagina de eu comer tantos brócolos, já me sair brócolos pelo nariz. Agora imagina sair-te ramen pelo nariz? Seria um desperdício.
- Ramen no nariz? – murmurou Naruto, imaginando ramen saindo-lhe pelo nariz, e engolindo a sua saliva, nervosamente. – Tudo bem… O que queres comer?
- Podemos ir aquela lojinha ali! – disse, apontando para uma recatada loja.
- Aí? Porque todos vão aí? Atém os membros da Akatsuki foram aí! – resmungou Naruto.
- Os membros do quê? – perguntou confusa Lain, sentando-se numa mesinha baixa, que ali havia.
- Nada de especial… Não interessa… – disse, sentando-se à frente de Lain.
- Interessa sim! Diz-me! – falou, resmungona.
- Não digo! – falou, cruzando os braços e fazendo beicinho. – E agora escolhe o que queres…
- Não, enquanto não me disseres o que é essa coisa! – cruzou os braços também e carregou as sobrancelhas.
- Fogo, como és teimosa! Eu não digo e pronto! – Naruto continuou na sua posição bastante infantil.
Não muito longe:
- Sasuke-kun… – falou Sakura.
- Sim? – perguntou Sasuke, docemente.
- Eu queria dizer que te amo muito, muito, muito… – disse Sakura, corando um pouco.
- Eu também te amo… – disse, Sasuke, dando um leve beijo na atesta de Sakura.
- Eu tenho de ir para o hospital, estão à minha espera… – disse sem alguma alegria nas palavras.
- Eles podem esperar um bocadinho, de certeza que não vão dar pela tua falta. – disse, abraçando Sakura.
- É claro que vão dar por minha falta! Além disso, tu também deves ter coisas para fazer! – falou, Sakura vestindo-se.
- Ah… Por acaso até não tenho… Não, não tenho mesmo nada para fazer, a não ser estar aqui contigo!
- Mentes muito mal, sabias? De qualquer das formas, o melhor é nós vestirmo-nos, não vá passar aqui alguém!
- É claro que ninguém vai passar, anda cá! – disse Sasuke, puxando Sakura para junto de si.
Encontrava-se uma idosa senhora passeando o seu cão, por aquelas bandas, quando avistou uma cerejeira e decidiu abrigar-se na sombra daquela árvore, quando para sua surpresa:
- Ahhh!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! – gritou a idosa, desmaiando no chão.
Sasuke apressou-se a esconder o “suspiro” com as mãos e Sakura que já se encontrava vestida correu em direcção à velhota.
- Sasuke-kun!!! – gritou Sakura, aflita.
- Que foi? – perguntou Sasuke, ainda ajeitando a sua T-shirt.
- Nós matamos a senhora! – disse, aflita.
- Tens a certeza? – perguntou Sasuke, analisando a aparência da senhora.
- Claro que tenho! Eu sou médica! E agora?
- Bom… Ela tem aspecto de ter cerca de 90 anos, ela iria morrer de qualquer maneira… O melhor é deita-la ao rio e levar o cãozinho também, para não haver nenhuma pista!
- Isso é muito cruel, Sasuke-kun!
- Não interessa! É a nossa única hipótese!
Sasuke pegou no corpo inanimado e mandou-o para o mato ali perto. De seguida, pegou no pescoço do cão e…
- Espera Sasuke-kun! Não faças isso ao cãozinho! Coitadinho dele T.T
- Eu tenho de matar o raio do cão…
- Então não faças isso na minha frente! Ah! E mata-o de todas as formas menos torcendo-lhe o pescoço.
- Está bem, está bem…
Sasuke foi até um ponto alto do monte, agarrando o cão e disse:
- Desculpa aí, cãozinho… Mas é que eu esqueci-me da bola para chutar!
Aí, Sasuke mete o cão no ar e dá-lhe um forte pontapé na barriga, fazendo-o ganir e voar pelo monte abaixo.
Mais abaixo:
- Ai!!! – gritou Jiraya, tirando um pequeno cão da sua cabeça. – Este não é o cão da minha tia-avó? Bah! Isto está tudo a ficar maluco! Primeiro foram barulhos estranhos à noite e agora andam a chover cães iguais aos da minha tia-avó!

-------------------------------------------------------------------------------------

Vamos todos dar as condolências à tia-avó de Jiraya-sama e ao cãozinho da tia-avó.

Uchiha Ninakat

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 11:42 am

Musicas:

Orange Range - Asterisk

EZ Special - Sei Que Sabes Quem Sou

Mundo Secreto - Põe Aquele Som

Heavy C - Nesse Quarto (música do inicio)

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
pretty girl
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 481
Idade : 28
Localização : aqui mesmo XD
Data de inscrição : 04/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Belle Kaulitz
Nome do Teu Boy: Bill Kaulitz
Idade: 17 anos

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 12:34 pm

esta fantastica a fic^^
hehhehe adorei o final hehehehehehhe quase que morri de tanto rir hehehehehehehehehhehe ta mt boa mesmo hhehehehehehehehe XDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://boyskaleidostar.forumotion.com
Sofii chan
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 314
Idade : 27
Data de inscrição : 07/07/2007

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 1:17 pm

OMG....EU AINDA ME ESTOU A RIR PAH!!! xDDDDDDD

ja me vieram perguntar se eu estava bem...xD

ela gemia poderosamente!! O________O
OMFG!!!! 8D
AQUILO É QUE FOI!!! xD

e o Sasuke a tapar o suspiro!!! xDDDDDDDDDD love

la se foi a velhinha.....opah...ke comedia meu deus...
vamos deita.la po rio!!! x'DDDDDDD

ai nao.....xD

EU QUERO MAIS ENVOLVIMENTOS DEBAIXO DE CEREJEIRAS 8D

xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 1:41 pm

o que tem o sasuke a tapar o suspiro? corado

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
WhiteSun
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 286
Idade : 24
Localização : Numa casa de vista pra o mar
Data de inscrição : 09/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Koe Yoro(Voz da Noite)
Nome do Teu Boy: Eyes Rutherford
Idade: 16 anos

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 2:24 pm

NYAAAA!|
episodio mais escaldante >.<
é o meu ep preferido 8D
VAMOS MANDAR VELHINHAS PRO MATO YAY!
xD
suspiros debaixo de cerejeiras que lindo <3


NINAKAT!
EU E A SOFII QUEREMOS MAIS CAPITULOS ASSIM! Ò.Ó

_________________

Don't leave me Anymore...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sailormermaid.forumotion.com
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 2:26 pm

ja percebi isso... talvez tenham uma surpresa no cap 8 xD

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
WhiteSun
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 286
Idade : 24
Localização : Numa casa de vista pra o mar
Data de inscrição : 09/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Koe Yoro(Voz da Noite)
Nome do Teu Boy: Eyes Rutherford
Idade: 16 anos

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 2:27 pm

O________________________________O
KYAAAAAAAAAA >.<
<3
P.S- vou fazer uma fanfic de naruto 8D

_________________

Don't leave me Anymore...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sailormermaid.forumotion.com
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 04, 2007 2:29 pm

acho melhor nao fazeres mais fic nenhuma nao?

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Seg Ago 06, 2007 9:22 am

AVISO: nao vai haver fic durante muito tempo proque acabei de decidir que vou matar o sasuke e estou apensar como sera o final da fic...

ps: sorry pelo double post

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
WhiteSun
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 286
Idade : 24
Localização : Numa casa de vista pra o mar
Data de inscrição : 09/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Koe Yoro(Voz da Noite)
Nome do Teu Boy: Eyes Rutherford
Idade: 16 anos

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Ter Ago 07, 2007 8:08 am

és má ~~
e ja decidi que vou fazer 8D
ja tenho as historias e td <3

[ou melhor,os enredos xD nos registos do msn porque mandei á sofii no msn e á minha mama em segunda mao,Tiara <3]

_________________

Don't leave me Anymore...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sailormermaid.forumotion.com
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Qua Ago 08, 2007 5:28 am

mostra-me quero ver!!!!!!!!!!!!!!!!!!

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
WhiteSun
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 286
Idade : 24
Localização : Numa casa de vista pra o mar
Data de inscrição : 09/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Koe Yoro(Voz da Noite)
Nome do Teu Boy: Eyes Rutherford
Idade: 16 anos

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Qua Ago 08, 2007 7:10 am

eu depois quando fazer o topico eu vou po-los ^^

_________________

Don't leave me Anymore...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sailormermaid.forumotion.com
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Qui Ago 09, 2007 9:01 am

okis^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
layla_killian
parceira de 1 estrela
parceira de 1 estrela
avatar

Número de Mensagens : 47
Data de inscrição : 11/07/2007

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Dom Ago 12, 2007 6:10 pm

ta mt lindo adoro a tua fic continua pelease
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Seg Ago 13, 2007 5:08 am

thanks^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 18, 2007 1:28 pm

21:00h CAPITLO ESPECIAL 8/9!!!

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 18, 2007 2:31 pm

Capitulo 8/9 – Special Episode

Parte 1 - “Gaara Volta!”

- Demoram tanto tempo! – resmungou Lain.
- E tu só te sabes queixar! É baixinha mas não perde o pio, bolas! – resmungou Naruto.
- Que bolas? Tens algum problema de eu ser baixinha?! – Lain levantou-se batendo os braços na mesa e olhou desafiada para Naruto.
- Eu não tenho nenhum, não… Mas és baixa na mesma! – disse Naruto, retribuindo o olhar.
- Diz isso outra vez? – ripostou Lain, que segurava num copo de água que havia pedido.
- Tu és baixa!!! – gritou-lhe Naruto.
Lain levantou o copo e mandou-lhe contra a cara, partindo o copo na cara de Naruto que ficara molhada e com alguns arranhões dos vidros partidos. Naruto berrava que nem uma criança, esbracejando que nem um louco.
- Porra de miúda, pah!!! Isso faz-se?! – gritou Naruto.
Após a pergunta de Naruto, ouviram-se aplausos do lado de fora da loja, quando os dois tomaram a atenção do barulho, viram aparecer Ino, Temari e Tenten. Pareciam bastante divertidas e risonhas.
- Quem és tu? – perguntou Ino a Lain.
- Eu sou a Lain, estou cá desde ontem à noite e sou portuguesa. – disse, simpática Lain.
- Portuguesa?! – exclamou Tenten. – Isso fica na Europa, na Península Ibérica ao lado de Espanha! Portugal é o melhor no futebol e tem o jogador mais podre de bom do mundo *-*
- Cristiano Ronaldo? – perguntou Lain.
- Sim!!! – guinchava Tenten, completamente eufórica.
- Cristiano Ronaldo é português? – perguntou Ino.
- É sim. – confirmou Lain. – É impressionante como até aqui, vocês o conhecem!
- Cristiano Ronaldo… Não sei como és capaz de viver no país dele e não o raptar… – falou Temari, completamente aluada.
- Eu já não vivo em Portugal… Eu agora vivo aqui. – retorquiu Lain.
- Em Konoha? – perguntou Lain.
- Sim. Eu sou pintora e procuro paisagens diferentes, Konoha tem muito disso.
- Que fofo! Deves pintar tão bem… – falou Tenten. – Talvez pudesses fazer o Cristiano Ronaldo ao meu lado… – falou, suspirando.
- Bom… Depois isso vê-se, eh eh! – disse com uma gota a escorrer pela testa. – Mas porque vocês estavam a bater palmas?
- Ah! Isso? Isso é porque fizestes uma coisa útil à humanidade, bater em Naruto é muito útil! – falou Temari, na sua pose de sempre.
- Temari? – perguntou Naruto.
- Se vais perguntar se Gaara também veio, sim ele também veio! – falou, já irritada.
- Ok, ok… Mas o que vieram cá fazer? – perguntou, curioso.
- Concerto dos W-inds!!! – disse, feliz.
- O Gaara veio ver um concerto? – perguntou, estupefacto.
- Isso já é outra conversa! Eu queria vir, mas ele não me queria deixar vir. – falou Temari com cara emburrada. – Então eu disse-lhe que Kankuro podia vir comigo. Ele fez uma cara má e disse que isso seria muito pior, então ele disse que se eu quisesse ir ao concerto eu tinha de ir com ele… Ai! Que raiva!!! Que lerda! – reclamou.
- Não fales assim do Gaara… – disse Naruto zangado, por estarem a falar mal do seu amigo.
- Como queiras… Se quiseres saber onde ele está, eu vou dizer-te antes que perguntes. Ela está no escritório de Tsunade-sama.
- Adoraria ir ter com ele, mas agora não posso. Tenho outros assuntos para resolver. – os pensamentos de Naruto envolveram-se em Hinata.
- “Hinata! Oh Hinata! Não fiques zangado comigo!” – gozou Lain, que rapidamente foi interrogada pelas as outras e levada para outro caminho, contrário de Naruto, que acabara de ser chamado.
- Sim? – respondeu Naruto, ao senhor da loja.
O homem limpou as mãos ao seu avental e apontou zangado para o copo partido no chão:
- Alguém vai ter de pagar isto! – resmungou.
“Aquela miúda! A única coisa que ainda conseguiu foi arranjar-me problemas!” Pensou, enquanto se dirigia ao escritório de Tsunade já que ir a casa de Hinata, talvez não fosse muito bem recebido. Estava ansioso por voltar a ver o seu velho amigo passado tanto tempo.
Gaara estava sentado num banco do corredor. Tsunade ainda não tivera tempo para o receber. Tinha mandado Kankuro vigiar Temari, mas ele sabia que aquele idiota o mínimo que podia estar a fazer era a contemplar as amigas de Temari e não a vigia-la. Por momentos fechara os olhos, envolto em seus pensamentos. Uma voz bastante familiar e amigável chamou pelo seu nome. Ele adorava ouvir seu nome chamado pela aquela voz, porque nunca ouvira tal convicção no tom do seu nome. Nunca o ouvira chamar com tanta convicção, compaixão, alegria, confiança. Sempre ouvira seu nome ser dito de forma soberba e pouco feliz, dita de forma medrosa e desprezável e por causa disso, o tom do seu nome ganhou mais fama que o próprio significado. “Gaara, apenas o nome de um monstro…” Completou em pensamento. Abriu os olhos e viu um Naruto mais crescido, mas a energia que ele lhe transmitia era a mesma. Quando ele lhe parou na frente e o cumprimentou-o tratando por “amigo”, sorriu e perguntou o que tinha acontecido com a sua cara.
- Isto? – perguntou Naruto, apontando para os arranhões visivelmente recentes – Nem me fales! É uma Portugala! – disse raivoso.
- Uma quê? – perguntou Gaara confuso.
- Portugala. – disse, novamente.
Gaara olhou para Naruto com uma cara estranhíssima. Mas Tsunade interrompeu aquele momento de frustração e falou:
- Gaara podes entrar.
Gaara entrou dentro do escritório e Naruto preparava-se para entrar quando Tsunade pôs-se na sua frente:
- Eu disse Gaara. Não Naruto. – falou seriamente.
- Mas… – murmurou Naruto, tentando passar.
- Nem mas, nem meio mas! Fora! – gritou.
- Vóvó Tsunade, porque eu não posso entrar? – perguntou, irritado.
- Não tens nada a ver com isso! O que nós vamos falar são assuntos de jounin! Tu és um mero chunnin! – gritou-lhe o mais alto que pode. – E não fiques aí com essa cara emburrada, porque ainda não fizestes nada em relação a fazer tua graduação como jounin. Além disso chamaste-me de vóvó… – completou em sossego, dando um murro na cara de Naruto.
A porta fechou-se.
- Isso foi muito forte, não acha? – perguntou calmamente Gaara, um pouco ressentido.
- Não. Nos últimos tempos eu não tenho lhe dado missões para ele se preparar mas a única coisa que ele tem feito foi andar de roda dos amigos e de Hinata. Se alguma proposta de exame aparecer, eu depois quero ver como é.
- Hinata? – perguntou, tentando lembrar onde já tinha ouvido esse nome.
- Sim, a herdeira do clã Hyuuga e prima do génio do clã: Hyuuga Neji.
- Oh! Sim já me lembro, aqueles primos que lutaram no exame chunnin. – cruzou os seus braços e fechou os olhos por breves momentos – Em relação a Naruto… Um exame jounin seria fácil para Naruto, ouvi dizer que o nível dele é igual ou pode até superar o de Jiraya-sama. Além disso, se você não disser a Naruto que pode vir a ter um exame jounin, ele nunca irá perceber que toda esta falta de missões é para lhe dar tempo para treinar. – completou abrindo os olhos.
- E desde quando o Gaara acredita nas conversas de café? – perguntou sarcástica.
- Desde que Tsunade-sama acredita nos rabiscos de Jiraya-sama e carrega constantemente essa cara de preocupação. Mesmo que eu lhe diga para dizer a Naruto para treinar, você nunca irá fazer isso porque quando chegar a altura da missão, você não vai poder incluir ele na equipa, porque ele nessa altura ainda não será um jounin e assim ele não vai dar de caras com a Akatsuki, não é? – confrontou-a.
- Tu também corres perigo… – murmurou, tentando ter razão.
- Tsunade-sama não percebe… Nós apenas queremos ser tratados como pessoas normais, não queremos ser desconsiderados nem beneficiados, tudo tem um equilíbrio. Quando chegar a hora eu irei! E se continuar com isto pode até conseguir que daquela vez eles não se encontrem mas quando chegar a hora de acontecer, vai acontecer quer a Tsunade-sama queira, quer não… E só está a prejudicar Naruto ao não lhe dar satisfações nenhumas, depois quando ele precisar de estar mais preparado do que nunca, ele aí sim, correrá perigo e ninguém poderá fazer nada!
- Falas muito, mas também o estás a tentar proteger… – disse Tsunade, sentando-se no seu cadeirão e olhando o céu, pensativa.
- Claro que estou! Mas de forma correcta… – falou, incompletamente. “Espero eu…” Completou em pensamento.
- Como sempre guardas para ti os teus sentimentos, eu quero o fim dessa frase.
- Não tem fim… Só depois de acontecer é que saberei se estará correcta… – murmurou.
- Talvez essa frase não foi feita para nós os dois… – murmurou em conjunto com Gaara.
- O quê? – perguntou, confuso.
- Nunca ouviste dizer que as frases só fazem sentido quando ditas pela pessoa certa?
- Não, mas soa-me bem.
- Bom, mas diverte-te no concerto dos W-inds! – disse, gozando.
- Tentarei. – disse, tentando o seu ar mais sério, virando-se para a porta. – Tenha um bom dia.
- Gaara! – chamou Tsunade.
- Sim? – perguntou, Gaara.
- Portugala é na língua precoce de Naruto, uma portuguesa, uma pessoa que nasceu em Portugal. Melhor dizendo, uma rapariga da vossa idade que se mudou para cá ontem à noite, é pintora. – disse, rindo-se.
- Portugala… – murmurou em tom de repreensão.
Quando Gaara fechou a porta do escritório de Tsunade, apareceu imediatamente Naruto buzinando-lhe aos ouvidos imensas perguntas. Continuou a andar, ignorando completamente Naruto, que parecia imparável nas suas perguntas. Muito tempo depois parou à frente de Gaara e perguntou-lhe:
- Porque me tens estado a ignorar durante toda a manhã?! – disse, sentido.
- Estive a pensar… – murmurou Gaara.
- Fogo! Demoras… – disse, num tom desafiador.
Gaara olhou-o de relance, o seu olhar revelava “Não é tempo para brincadeiras!”
- O que foi? – bufou, arqueando a sobrancelha.
- Não é “portugala”, é portuguesa. – completou Gaara, que continuou o seu caminho.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 18, 2007 2:32 pm

Naruto caíra completamente estupefacto no chão. “Ele esteve este tempo todo ignorando-me para chegar a essa conclusão?!” Mas logo se levantou e voltou para o lado de Gaara.
- O que foi? Nunca te enganastes? – disse, tentando desculpar-se.
- Eu já, mas esses teus enganos são completamente desnecessários e dispensáveis. – disse tomando a sua atitude de sempre, olhando em frente e nunca desviando a sua atenção da sua frente – Agora que és chunnin devias tomar mais atenção a isso, senão como irás ganhar o respeito dos outros e então conseguires uma oportunidade de um exame jounin? – disse, sempre olhando em frente.
- Porque hoje todos estão contra mim??? – falou, chateado.
- Hoje estão todos contra ti? – perguntou, curioso.
- Sim! E é tudo por culpa da portugala!
- Eu já disse que é portuguesa… – reprimiu Gaara.
- Não interessa! Ela para mim é e será sempre uma portugala! – berrou.
- Tudo bem… O que tem essa tal portuguesa?
- Tem tudo! Ela é má, má e má.
- Até ao que tu a odeias eu já cheguei, mas isso não é hábito teu… O que ela fez?
- Primeiro eu tenho de estar sempre a pagar as despesas dela, depois infiltra-se na minha casa e obriga-me a dormir no chão, arranja-me problemas com a Hinata e ainda tem a lata de partir um copo na cara! – no fim, apontou para os arranhões vísiveis na cara.
- Percebi.
- Olha! Para esquecer as coisas que tal irmos comer ramen? – sugeriu Naruto.
- Tu estás sempre a falar em ramen, qualquer dia sai-te ramen pelo nariz. – disse, dando um leve sorriso.
- A portugala disse a mesma coisa! Tens a certeza que não foste assombrado por ela? – resmungou Naruto.
- Tenho a certeza que não. Mas desde quando acreditas em assombrações?
- Desde que me aconteceram, além disso, aquele livro que eu li, sobre a gueixa Sayuri, chamava-se “Memórias de Uma Gueixa”, falava muito sobre essas coisas.
- E lendo livros também? Ainda por cima um romance sobre gueixas…
- Ah! Os únicos livros que eu leio são os do Ero-sennin, apenas li esse porque Ero-sennin disse que devia lê-lo. – disse mais alegre – Já leste o novo volume do Ichi Ichi Paradise? Aquele sobre gueixas? – disse, ansioso.
- Não li. Na verdade eu nunca li nenhum desses livros do Jiraya-sama. – repeliu Gaara.
- Não tem mal! Eu posso emprestar-te um! É fenomenal, sabes qu –
- Não quero, obrigado. Se eu os quisesse ler, já teria pedido a Kankuro que tem a colecção toda e olha que ele não é muito de ler, as caras que ele faz quando lê aquilo parece mais as de quando está a olhar uma revistinha hentai.
- Unf… Nem sabes o que perdes!
Naruto continuou o caminho todo tentando convencer Gaara a ler os livros de Ero-sennin. No outro lado da vila:
- Eu sabia que Naruto e Hinata tinham alguma ligação desse género! Mas vai-se tudo estragar agora por causa desse mal entendido… – disse, tristemente Tenten.
- Eu peço desculpa, mas eu realmente não fiz de propósito. – pediu, Lain.
- Nós sabemos que a culpa não foi tua! De qualquer maneira, logo à tarde vai ser a reunião de Julho, ela estará lá. – falou contente, Ino.
- Reunião de Julho? – perguntou Lain, curiosa.
- Apesar de eu não poder ir todos os meses, porque não moro aqui, venho sempre que posso. Eu vou-te explicar. Nós criamos uma espécie de organização que se chama “GirlsPower” e que tem como objectivo realizar uma reunião todos os meses para nos podermos juntar todas e falar coisas só de raparigas, basicamente divertirmo-nos e uma vez por mês deixar-mos de ser santinhas. Nós temos uma capa e tudo, depois damos-te uma! Mas atenção: isto é um completo segredo! Nenhum homem pode saber das nossas reuniões e muito menos ir a elas. Assim perde a graça. – disse Temari, em segredo.
- E como são as capas? – perguntou Lain, curiosa.
- São pretas, com um capuz grande e nas costas o nosso símbolo^^ Branco, rosa e roxo… Não é por nada mas eu gosto! – disse contente, Tenten.
- Claro que tu gostas! Porque foste tu que desenhastes! – encarou Ino.
- E depois? – perguntou Tenten, enfadada.
- Deixem-se lá disso! – gritou Temari. – Lain, hoje à tarde em casa da Sakura, ok?
- Mas eu não sei quem é a Sakura… – disse, Lain.
- Hum… Eu vou-te buscar então! Na casa de Naruto, não é? – disse, Temari.
- É sim. – confirmou Lain.
- Eu vou trazer fotos do Cristiano Ronaldo! – disse maravilhada, Tenten.
- Traz, traz! – disse maliciosamente Temari – Eu posso trazer algumas coisas sobre os W-inds para depois a Lain saber as músicas no concerto, vamos todas juntas!
- Ai vou? – perguntou perplexa, Lain.
- Claro que vais! Vai ser fantástico!!! – confirmou Ino, entusiasta.
- Bom, eu agora tenho de ir ter com o Gaara, senão não há concerto dos W-inds para ninguém!
- Eu também vou andando! Tenho que arrumar os meus pincéis, telas, tintas… Até logo!
As meninas separaram-se ali. O tempo suava tenebroso apesar do lindo sol e resplandecente. Eles aproximavam-se e a qualquer hora viriam buscar a famosa raposa em forma de um adolescente de 18 anos, loiro e de olhos azuis.
Horas mais tarde:
- Parece que estamos todas! – falou Sakura.
- Não estão todas, não! Falta Temari e Lain. – avisou, Ino.
- Lain? – perguntou Sakura.
- Sim, uma nova amiga nossa. – falou Tenten, olhando de raspão para Hinata que se encontrava com os olhos fixos na mesa, mais precisamente no pequeno lago de sumo de laranja que reflectia os seus olhos amargos.
- Ok. – assentiu Sakura, estranhando uma certa tenção no ar – Então meninas, que caras são essas? – animou Sakura.
- Nada, nada! – disfarçou Ino dando uma cotovelada em Tenten que se apressou a mostrar um sorriso.
Tocaram à porta. Sakura apressou-se a ir abrir, era Temari e uma bonita estrangeira. Deu um grande sorriso e a estrangeira respondeu-lhe num óptimo japonês, o que surpreendeu Sakura, a sua curiosidade aguçava-se sobre aquela rapariga. Temari sussurrou algo ao ouvido da estrangeira apontando para Hinata, à qual a estrangeira afirmou que sim. Hinata parecia indiferente a chegada dos restantes pois nem sequer se deu ao trabalho de olhar a nova integrante do grupo. Não queria que a interpretassem mal, não tencionava ser mal-educada mas o que se tinha passado naquela manhã fora demais. Foi tão parva, quando Naruto tentou assumir algo com ela, ela fugiu com medo de ser cedo demais. Só que as consequências vieram. Ela sabia que Naruto não gostava dela, porque sabia que não se aprendia a gostar por cartas. Talvez fosse só uma necessidade que todos os homens têm. E ele resolveu procurar essa necessidade em outra mulher, mais bonita e elegante do que ela, aquele trapo velho e tímido que não faz mais nada do que ser o trapo velho para limpar o pó, o medo, os problemas dos outros. E como todos os trapos, quando não são mais precisos são arrumados no armário e esquecidos na solidão. O seu destino era fazer o que os outros queriam, servir os outros e guardar para si mesma, a sua opinião.
- Hinata-sama? – perguntou, respeitosamente Lain.
Hinata pareceu surpreendida. O único que lhe tratava assim era Neji, mas a voz parecia muito feminina. Olhou para a sua trás e viu o que menos esperava ver: a rapariga que estava no quarto de Naruto, naquela manhã. Ainda por cima, a rapariga tinha feições estrangeiras e tratara-lhe assim, o que estava a acontecer ali? A sua mente parecia dar um turbilhão de voltas em busca de alguma resposta. Até que a teve:
- Hinata-sama? – perguntou Lain novamente – Lembraste de mim? – perguntou cuidadosamente.
Hinata não respondia. Só conseguia olhar chocada para a face daquela rapariga. Levantou-se desamparada e começou a andar para trás até que o seu corpo bateu na parede.
- Hinata-sama? – perguntou Lain já aflita.
Hinata novamente não respondeu. Apenas baixou a sua cabeça em direcção a chão e os espectadores ali presentes apenas conseguiram ver a aguada deixada na madeira pela única lágrima caída de seus olhos húmidos.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 18, 2007 2:32 pm

Parte 2 – “Teoria da Morte ou… do Amor?”

Durante aquela tarde, a notícia espalhou-se pela vila. Era o tema de conversa recorrente. Condolências eram postas nas vitrinas das lojas e Sasuke pode reparar no folheto exposto na vitrine:

“Chyo-sama e Keita-sama faleceram esta manhã. Suspeita-se de homicídio, mas não há pistas nenhumas sobre os assassinos. O nosso cachorro estrela, Keita-sama, foi morto esta manhã, mandado de um monte abaixo, foi fatal. Chyo-sama tentou proteger o seu mestre mas a sua pesada idade não o permitiu, morrendo juntamente com o seu mestre. Rezemos pelo nosso Keita-sama, veneremos ao nosso Keita-sama, serviremos Keita-sama, o cachorro estrela. Para sempre no nosso coração, o cachorro estrela, Keita-sama! As nossas condolências imensas as próximos de Keita-sama.

Funeral:

Amanhã por volta das nove horas.

Ps: As condolências à família de Chyo-sama. O funeral de Chyo-sama será em separado, na mesma hora.”

Sasuke ia quase caindo para o lado. O que era aquilo?! Olhou para a papelaria. O homem estava ocupado a ler uma revistinha hentai, reparava-se logo. Entrou de raspão na loja e rapidamente arrancou o folheto da vitrine, fazendo despertar a atenção do homem, que se apressou a ir até à porta e gritou:
- Anda cá, Uchiha! Aqui não entras mais! – disse, enraivecido.
Sasuke fez um gesto obsceno e continuou seu caminho até à casa de Sakura.
Na barraquinha de ramen:
- Gaara!!! – chamou Kankuro, correndo em direcção a eles.
- Sim? – perguntou Gaara calmamente.
- Elas fecharam-se na casa de Sakura, nem uma janela aberta e eu já estava a estorricar na rua! Está muito calor! – queixou-se Kankuro.
- Elas quem? – tentou esclarecer Gaara.
- A Temari, a Tenten, a Sakura, a Hin-
Kankuro foi interrompido por Naruto:
- Hinata?! – perguntou, desesperado.
- Sim. – respondeu Kankuro.
- E ela estava bem? – a sua cara parecia preocupada.
- Bom, ela não estava a rir-se e aos pulinhos como as outras. – respondeu Kankuro, pedindo um refresco.
- Mais? – pediu Gaara.
- Bom. Hinata, Ino e uma rapariga que nunca vi antes, mas que vinha acompanhada com Temari. Ah! E via-se bem que ela era estrangeira… e gostosa. – disse Kankuro, perverso.
- Não acredito! É a portugala!!!!!!!!!! – gritou Naruto furioso.
- A quem? – perguntou Kankuro, confuso.
- Ele quer dizer que é portuguesa. – explicou Gaara.
- Portuguesa?! OMG!!! É melhor que as suecas!!! – disse, excitado – Elas têm muitas curvas!
- Nem sabes do que falas… A portugala é do pior! – resmungou Naruto.
- Bom, e o que elas estavam a fazer, então?
- Não sei. – respondeu Kankuro.
- Como assim não sabes?
- Eu já disse! Elas fecharam-se ali e a partir de aí não sei de mais nada.
- Nem imaginas o que elas possam estar a fazer? – perguntou Gaara.
- Não sei. Mas ouvi música…
- Música? Que música? – perguntou Gaara, desconfiado.
- Aquelas músicas daquela cambada de gays que a dançar parecem moscas mortas. – falou Kankuro, irritado.
- Fiquei na mesma. – disse Naruto.
- Epah! Os W-inds! – disse Kankuro, irritado.
- Hum… Se calhar é melhor ir lá… – disse Gaara, quase num sussurro.
- Vamos! – gritou Kankuro.
- Não… – negou Gaara.
Gaara mudara a sua opinião ao ver passar do outro lado da rua, o preguiçoso Shikamaru, em direcção ao escritório de Tsunade. Olhava-o intensamente, fazendo lembrar os tempos em que aquele olhar fazia temer qualquer um. Shikamaru olhou de relance para Gaara e reparou no foco do rapaz: ele. “Bolas! Esse rapaz nunca deixou de olhar para mim assim! Sai à chata da irmã! Que problemático!” Pensou e continuou seu caminho, ignorando Gaara.
Kankuro fala agora mais sério:
- Parece que morreu Keita-sama. – disse calmamente.
- O cachorro estrela? – perguntou Naruto.
- Sim, esse mesmo. E morreu também a tia-avó do Jiraya-sama, mas fazem mais alarido com um cão do que com Chyo-sama.
- É muito injusto e ao mais tempo justificado. – falou calmamente, Gaara. – Nunca ouviram falar na Teoria da Morte?
- Teoria da Morte? – perguntou Naruto, confuso.
- Sim. – confirmou Gaara, que fechou os olhos momentaneamente. – Quando perdemos alguém e isso acontece mesmo à nossa frente, é como perder um pedaço da nova vida, é como nos tirarem memórias. Aquela memória da pessoa fechar os olhos para sempre perde-se naquele momento e uma pessoa fica incompleta. A distância. Ela é cura. Se nunca virmos essa pessoa perder a vida na nossa frente, distante de nós, basta encaixar na cabeça a palavra “morreu” e saber que nunca mais a voltará a ver. Continuamos completos porque nunca perdemos aquilo que nunca tivemos. Nunca tivemos proximidade com essa pessoa. E aqueles que ficam incompletos voltam-se a completar quando encontrarem alguém para preencher aquele espaço vazio.
- Isso quer dizer que é bom nós ficarmos completos, não sofremos, não é? – perguntou Naruto.
- Não. – Gaara por fim abriu os olhos. – Eu sou um incompleto. Ser incompleto significa que alguma vez na vida amamos alguém. E quando eu morrer quero que alguém fique incompleto por minha causa, porque significará que alguma vez alguém me amou. O amor é aquilo que é incompleto, porque nunca chegará completar-se antes da morte. – finalizou, enfrentando a face abismada e melancólica de Naruto.
Kankuro deu um leve murmúrio levado pela leva brisa de Verão.
- Eu quero que muitos fiquem incompletos por minha causa. Eu quero que me reconheçam! – falou Gaara.
- A Teoria da Morte, não é? – murmurou melancólico, Naruto.
Em casa de Sakura, tocam à porta:
- Quem será? – pergunta Tenten, completamente desequilibrada e bêbeda.
- Não sei. – disse Sakura no mesmo estado de Tenten.
- Tu também nunca sabes nada. Só sabes beber sake, isso também fez parte da aprendizagem com a Vóvó Tsunade? – perguntou Tenten, apoiando-se no ombro da amiga e com a outra mão agarrando um garrafa se sake quase vazia.
Sakura riu-se energeticamente, enquanto tentava arranjar a alça do seu soutien cor-de-rosa.
- Vamos lá ver? – sugeriu Sakura, ainda a rir-se.
- Não! – puxou Tenten. – Já vistes se era um homem? Dava-lhe um ataque cardíaco vendo-te só vestida com esse conjunto cor-de-rosa. – disse, ajeitando a alça à amiga.
- Então vamo-nos sentar no sofá? – perguntou divertida, Sakura.
- Não! – negou novamente Tenten. – O sofá está quente. O chão é mais fresquinho, senão vejo-me obrigada a despir a roupa interior também! – e aí Tenten deu um risinho nervoso.
Com isto, Tenten deitaram-se no chão da sala, em roupa interior e apontando para o tecto:
- A mim parece-me ver a cara do Sasuke. – falou aluada, Sakura.
- Não… A mim parece-me ver os “zezinhos” do Neji. – disse, apontado novamente para o tecto.
Sakura fez uma expressão de burra e perguntou:
- Como sabes que são dele?
- Ora! Como será que eu sei?! – Tenten ria-se cada vez mais. – E soube disso naquele dia em que andamos a brincar aos cavalhinhos! – Tenten explodiu a sua alegria naquele momento, esperneando no chão.
- Eu também já brinquei a uma coisa parecida com o Sasuke, mas tinha outro nome… Era o sobe e desce… – Sakura riu-se.
- Eu acho que é a mesma coisa! – falou Tenten, tentando ter uma oportunidade para respirar.
As duas desataram a rir ali no chão. Ouvia-se as vozes esganiçadas de Temari e Ino, encostadas à aparelhagem, com os ouvidos colados às colunas, completamente bêbedas. As únicas pessoas que aparentavam estar um pouco sóbrias naquela sala era mesmo Hinata e Lain. As duas conversavam simpaticamente:
- Tens a certeza que não queres tirar as roupas, ela estão todas assim. A verdade é que isto do sake dá muito calor, vi-me mesmo obrigada a tirar as roupas.
- Não, eu prefiro ficar assim. E já agora desculpa por ter sido mal-educada contigo, naquela altura.
- Tudo bem. Tinhas os teus motivos mas agora já percebestes que foi tudo um mal-entendido?
- Claro. – sorriu amavelmente Hinata. – Sabes estou preocupada com Temari, ela não devia estar naquele estado por causa do irmão dela.
- O que tem o irmão dela? – perguntou Lain.
- Bom, ele quer que ela se comporte bem, entendeste o que quero dizer? – segredou Hinata, corando um pouco sobre o assunto.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 18, 2007 2:33 pm

- O irmão dela que vá para um sítio que eu cá sei! – disse agressiva, Lain. – Será que ele não sabe o que é bom?
- Pois. – Hinata enrubesceu muito.
- Olha estão a tocar à porta! – Lain reparou naquele toque excessivo mas deixou de o ouvir por largos momentos. – Parou. Bom, acho que também é melhor assim… – comentou, olhando as tresloucadas que estavam à sua volta.
Foi então que Sasuke entrou atrapalhado pela janela. A confusão foi geral. Primeiro decidiram começar a gritar que nem loucas, depois atacar o inimigo e por fim esconderem-se no quarto de Sakura, apenas Sakura ficou em frente de Sasuke quase despida. Sasuke parecia estar chocado que ainda não tinha tido qualquer tipo de reacção e apenas sentia a dor dos arranhões, puxões de cabelo e atropelamentos.
Sakura apoiou-se na mesa, segurando uma garrafa de sake vazia que supostamente era para bater na cabeça do inimigo, até ter reparado que o inimigo era o seu actual namorado:
- Não devias estar aqui… – disse Sakura, soluçando.
- Eh… Eu sei… Acabei mesmo agora de me aperceber disso.
- Então porque continuas aqui? Vai embora! E juro que se contares isto a alguém, as brincadeiras debaixo da cerejeira acabam-se! – disse Sakura, abanando a mão que segurava a garrafa e uma das vezes quase atingindo Sasuke. – Aliás! Já deviam ter acabado à mais tempo por causa da porra da velha!
- É mesmo por isso! Nós não devíamos ter matado o cão! Ele é que precisava de ficar vivo, não a velha já que ninguém liga a ela, nem sequer o seu sobrinho-neto vai ao funeral…
- E quem é o sobrinho-neto? - perguntou Sakura, virando a garrafa ao contrário e verificando bem que não deixava nem uma gotinha no fundo.
- Jiraya.
- Óptimo. Então eu vou ao funeral do cachorro, agora podes ir.
- Não estás preocupada se nos descobrem? – perguntou Sasuke, desviando-se novamente da garrafa de Sakura.
- Enganaste! Tu é que devias estar preocupado, porque tu é que os mataste!
- Eu?!
- Sim, tu. Que eu saiba não fui eu que estava nua e não fui eu que chutei o cachorro do monte abaixo e agora vai embora, seu assassino. – no fim, Sakura deu uma risada.
Sasuke apenas murmurou qualquer coisa, que suava mais a um grunhido semelhantes aos de Tsunade e saiu de onde tinha entrado: a janela.
No dia seguinte:
- Acorda! Vamos chegar tarde ao funeral do cachorro! E desta vez eu não me vou pôr em cima de ti! – gritou Naruto, aos ouvidos de Lain.
- Pois não! Vais-me pôr surda! – gritou Lain, juntamente com Naruto.
Ali começaram outra discussão barulhenta, até que se ouviu do apartamento vizinho:
- Calem a boca! Deixem os problemas pós-casamento para depois!!!!!!!!! – gritaram furiosos, do outro lado.
- Cala a boca tu! – gritou Naruto, dando murros na parede.
- Vamos! – disse Lain, firme.
- O que te deu? – perguntou Naruto, admirado.
- Trata-se de um funeral, não de uma festa.
- Custa-me dizer isto… Mas… Tens razão!
Não chovia. Fazia um lindo sol, radiante e alegre, não muito adequado à situação. Estávamos quase em Agosto e as temperaturas condiziam com a época. A povoação dirigia-se em massa para o local do funeral, o cachorro estrela jamais seria esquecido, apesar de alguns preferirem continuar em suas casas e divagar sobre o absurdo que é ir ao funeral de um cachorro. Gaara era um deles.
- É claro que eu não vou. – disse calmamente, Gaara.
- Como assim não vais? – perguntou sarcasticamente, Temari.
- É um cão, nada demais. – explicou.
- Bom, assim eu também não vou. – disse, sentando no sofá.
- Vais sim.
- Porquê?
- Não estás sempre a dizer que és mais velha do que eu? Então cumpre as tuas obrigações como mais velha e vai representar a família.
Temari grunhiu algo e apressou-se a sair porta fora, arrastando Kankuro com ela.
Encontrava-se muita gente no local. Naruto e Hinata trocavam olhares desesperados, procurando um sinal, uma resposta. Lain afastara-se um pouco do acumulado de gente vestida com os seus kimonos pretos. Sentia-se um bocado à parte, pois não tinha nenhum kimono e não sabia como decorreria um funeral naquela vila escondida do mundo. Achou a situação tão caricata… Um funeral daquele tamanho para um cão e apostaria que nem uma alma viva estaria no funeral da senhora idosa. Até o próprio sobrinho-neto viera ao funeral do cão e não ao da sua tia-avó. Abriu o seu caderno de esboços e começou a desenhar traços leves que depressa transformaram-se num sol radiante, sombreados pretos preencherem a relva já rabiscada e ganharam forma de pessoas com expressões suavisadas pelo ambiente alegre daquele funeral, o céu preenchia-se de um azul sem alguma tristeza e as nuvens ganhavam propositadamente a linhas características do cachorro em causa. Nunca uma morte fora tão apaziguada.
Hinata apressou-se a ir ter com e comentando que Lain desenhava muito bem. Lain fechou rapidamente o seu caderno de esboços e disse:
- Desculpa ter sido brusca agora, mas não gosto que vejam o meu trabalho antes de ele estar terminado. Isto era apenas um esboço!
- Não faz mal! Mas se isso era apenas um esboço então imagino o desenho final. – disse Hinata, tentando não parecer demasiado nervosa por se intrometer na vida de Lain. – Eu só queria saber se estás bem?
- Estou óptima! Só me sinto um pouco à parte porque não sei como é aqui. Vou ficar a observar.
- Tudo bem. Então eu vou indo. – falou Hinata, afastando-se em direcção à multidão.
Gaara decidiu sair de casa, era muito monótono ficar a olhar para as paredes. Não sabia porquê mas durante estes cinco anos, o seu limite de paciência diminuíra um pouco, talvez porque acabou por perceber que não se deve ficar sentado à espera que tudo aconteça. Resolveu ir beber um refresco.
Lain decidiu passar aquela fase do funeral em que enjoava a voz lamuriada do homem e foi beber um refresco por aí, o calor apertara. Com medo de perder alguma parte importante do funeral resolveu apressar-se começando a correr. Finalmente encontrara uma longe aberta! Com aquele movimento todo do funeral, as ruas estavam às moscas. Para seu azar, uma pedra intrometera-se no seu caminho, fazendo-a tropeçar. Apenas fechou os seus olhos e colocou os braços na sua frente para acomodar a queda.
Mas não sentiu qualquer tipo de dor, nem lhe pareceu haver alguma queda, quando parou de franzir os seus olhos, avistou que uma estranha areia flutuante lhe aparentara a queda.
- Devias ter mais cuidado. Eu não estarei sempre aqui. – falou uma voz rouca e seria.
Lain virou a cabeça e viu um lindo rapaz de cabelos vermelhos fogo e uns olhos de um intenso azul dirigindo-se a ela.
- Tu estás bem? – perguntou ele, dando a mão a Lain.
Lain não respondia apenas conseguia olhar aquele rapaz. Olhar, olhar e olhar como se nunca mais o pudesse fazer. Observa atentamente cada gesto, cada expressão e quando finalmente acordara do seu transe ele já lhe falava em inglês, perguntando se ela estava bem. Percebendo as suas figuras idiotas, rusbureceu por toda a cara e levantou-se rapidamente, ignorando a mão do rapaz, pedindo desculpa num gago japonês e fugindo a sete pés do rapaz.

Epílogo:

- Sabes o que é a Teoria da Morte? – perguntou Naruto, querendo partilhar a sua sabedoria com a portugala.
- Não… – disse Lain murmurando, encostada à cama de Naruto e agarrando a almofada dele com força.
- Bom, então é assim… – Naruto explicou-se.
As palavras de Naruto entraram na cabeça de Lain mas pareciam não querer ficar lá. Outros pensamentos invadiam a sua mente.
- Então que achas? – perguntou Naruto, após o seu longo discurso.
- Eu acho que devia chamar-se Teoria do Amor…
- Tu não estás bem, portugala. O melhor mesmo é ires dormir, não quero conviver com uma louca que agora já nem sabe o que diz!

---------------------------------------------------------------------------

ACREDITEM EM MIM! EU NÃO SOU O CULPADO!

Assinado: o inocente Uchiha Sasuke

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
pretty girl
Admin
Admin
avatar

Número de Mensagens : 481
Idade : 28
Localização : aqui mesmo XD
Data de inscrição : 04/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Belle Kaulitz
Nome do Teu Boy: Bill Kaulitz
Idade: 17 anos

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 18, 2007 5:35 pm

lindoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo


como sempre feliz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://boyskaleidostar.forumotion.com
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Sab Ago 18, 2007 5:41 pm

obrigado^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lili
parceira de 1 estrela
parceira de 1 estrela
avatar

Número de Mensagens : 55
Idade : 29
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Yoko Kobayashi
Nome do Teu Boy: Train Heartnet
Idade: 18

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Dom Ago 19, 2007 8:35 am

Tá lindaaa!!! Muito bem escrita feliz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninakat
namorada atual
namorada atual
avatar

Número de Mensagens : 472
Idade : 25
Data de inscrição : 07/07/2007

Tu e o Teu Rapaz
Nome: Hanna Inoe
Nome do Teu Boy: Sasuke Uchiha
Idade: 14

MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   Seg Ago 20, 2007 10:57 am

obrigado^^

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Naruto Fanfic - Eu, Tu e Um Chapéu-de-Chuva
Voltar ao Topo 
Página 6 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» FANFIC - Namorando meu Ídolo
» FANFIC - Laranjas
» FANFIC - Still You
» FANFIC - My Lovely Stepmother ?
» FANFIC - My Lovely Stepmother - Comentários

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Forum Boys :: Fanfics/Fanarts-
Ir para: